Skip to main content

Posts

Featured

Bolos, feministas e minimalistas.

Existe um aspecto na minha incapacidade de ser menos afeiçoada a objectos materiais que ainda tenho muito por onde melhorar. Refiro-me à minha aptidão para coleccionar receitas. Estas podem chegar até mim em papel - livros, revistas, notas… - ou em formato digital - aplicações, blogues de culinária, vídeos de receitas nas redes sociais…. Seja o que for, eu guardo tudo. Aquela técnica que ainda não experimentei. O ingrediente que ainda não comprei cá para casa. A substituição mais saudável que ainda não tentei. Todas estas são excelentes desculpas que servem de combustível à minha incapacidade para parar de acumular receitas, sendo que as que já tenho, bem feitas as contas às cerca de quatro refeições que como por dia, serviriam para me alimentar a mim durante a vida inteira, ao meu marido e a um batalhão com o apetite de estudantes Erasmus em visita a casa dos pais no natal. Se parar por aqui, como podem ver, estou muito bem servida e variedade não me faltará. Já tempo…

Por isso ultima…

Latest posts

Banda desenhada, para que te queria?

E logo pela manhã um muffin de aveia e um julgamento moral!

Amor e gatos.

Comunidade de Ann Patchett: o que eu achei deste livro?

#Girlbosses

Eu, o tempo e uma feijoada de cogumelos.

Peter Pan.

Cinco anos e um bolo de iogurte e laranja.